sábado, 11 de junho de 2011

O caso Battisti

Por gostar um pouco da cultura italiana, me interessei um pouco pela história que envolve o italiano Cesare Battisti, afinal, ele é um italiano exilado no Brasil.
Tudo seria simples se ele não fosse condenado à prisão perpétua na Itália pela ação direta/indireta na morte de quatro pessoas que teriam sido torturadas pelo grupo de esquerda do qual ele fazia parte, se não tivesse fugido para a França e depois de duas tentativas do governo italiano tivesse sua extradição decretada e se não tivesse fugido para o Brasil.
O Brasil parece ser um país extremamente divertido para quem quer cometer crimes ou fugir das responsabilidades atreladas a eles, afinal, Battisti foi condenado e obrigado a voltar a seu país porém foge para terras tupiniquins e recebe "proteção" do então presidente Lula da Silva, isso é tão curioso quanto o caso do deputado Maluf, que se entrar no território de um dos países dentro de uma lista 181 corre o risco de ser preso pela Interpol, entretanto possui um cargo no governo brasileiro e goza de inúmeros benefícios.
O que mais me deixa curioso é: será que se fosse o contrário, ou seja, um alguém acusado de terrorismo no Brasil que obtesse o "perdão" na Itália ou qualquer outro país, não haveria a mesma comoção aqui como há da parte dos italianos?
Afinal, se somos tão maravilhosos como nação ao ponto de permitir que um terrorista internacional obtenha cidadania plena, por que não convidamos o Osama Bin Laden pra viver em Brasília? Possivelmente o desfecho da sua história poderia ser muito diferente e ele poderia até (quem sabe) ocupar um carguinho em algum ministério ou até mesmo no Senado...

2 comentários:

  1. Rael meu caro, acho importantíssimo assuntos como este serem discutidos principalmente por cidadãos mais jovens como você que é o futuro de qualquer nação, mas gostaria de fazer algumas críticas a seu post, intencionado claro apenas em edificar tal assunto e gerar uma discussão sadia.

    "Comparar" Battiste a Maluf, não há como, pois cometeram ações totalmente diferentes, e gostaria de tentar levantar a história de Cesare para analisarmos de forma mais histórica e política.

    Batiste é membro(talvez mais intelectual que prático) de um grupo de oposição a um governo repressor em sua época que infelizmente venceu a batalha travada que foi conhecida como anos de chumbo, vale lembrar que o chumbo aqui citado não era lançado apenas de uma das partes e sim tanto da direita como da esquerda. Batiste é acusado de terrorismo pela direita Italiana, porém suas ações durante a guerra política travada em sua época, não há como caracterizar terrorismo nem na legislação brasileira, nem na de seu país.

    Vale lembrar também que nossa atual presidente, "na mesma época" lutava em nosso país pelo mesmo princípio político que Batiste lutava em seu país, um governo liderado pela classe trabalhadora que para eles é quem movimenta a economia de uma nação em sua prática.

    Compará-lo a Osama Bin Laden não seria um boa prática ao meu ver...

    Lembre-se a guerra não deveria existir, assim como as armas usadas nela, mas infelizmente quando ela se inicia há um ditado antigo que diz que "Chumbo trocado não dói", mas vivemos em uma sociedade que geralmente após uma guerra mesmo que anos depois, os vencedores sempre tentam culpar os perdedores por ela ter acontecido, afim de enfraquecê-los cada vez mais.

    Um grande abraço,

    Jackson Bicalho

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado pelo comentário, realmente fui um tanto infeliz nas comparações apesar de em momento nenhum pensar em comparar-los por atos (para cada peso uma medida).
    Quanto a questão da luta pela liberdade acho justa sim e infelizmente os fins não justificam os meios, sei que pode ser algo um tanto radical da minha parte mas defendo a teoria de que quem cometeu crimes que responda por eles (seja direita, esquerda ou centro).
    E olhando um tanto por esse ângulo é bastante triste ver como apenas os "vencedores" é que escrevem a história e a seu modo...

    Obrigado pelo comentário e volte sempre.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...