sexta-feira, 27 de julho de 2012

O que aprendi ensinando

Se tem uma coisa que eu descobri sobre mim mesmo é a minha incapacidade de me manter onde não me sinto plenamente realizado ou útil ou onde eu tenha de colocar de lado alguns dos meus valores, outra coisa, é que não consigo trabalhar com pessoas, pois sempre acabo me afeiçoando demais a elas, prova disso é que ainda tenho boas lembranças de alguns alunos do SENAI da turma de 2009.

Acabei "sendo colocado" novamente diante de uma turma de alunos, porém desta vez "eram meus", eram as "minhas turmas", apesar de sempre tentar manter uma relação um tanto distante (cisma minha), existem pessoas com as quais você se identifica ou se sensibiliza mais, seja por ter tido um pouco mais de contato ou por simples observação mesmo.

Admito que demorei para "aceitar" a ideia de tentar conduzir uma turma de adolescentes (talvez por ter uma série de [pré]conceitos já formados), entretanto, no âmbito das experiências pessoais cresci muito acompanhando por um semestre, praticamente todo dia "aquele bando de desordeiros" [brincadeira] que iam demonstrando cada dia mais um pouco das suas personalidades e experiências.

Aprendi observando alunos que sequer abriam a boca, aprendi com aqueles que por um segundo não paravam de falar/reclamar, aprendi conversando com aqueles que ficavam uns dois minutinhos depois do sinal discutindo sobre vida, sobre ensino e sobre sonhos, infelizmente não pude conhecer todos e por isso posso até ter sido um tanto injusto com alguns, isso acontece, é coisa da vida.

Mas o mais importante, é que a cada dia eu sempre tentei passar o meu melhor para eles [mesmo que às vezes o meu melhor não parecesse tão bom assim], mas mais do que isso, tentei passar um pouco dos valores que aprendi em casa, se algum deles prestou atenção às coisas que eu falava além das explicações vai perceber que mais do que apenas tentar ensiná-los/ajudá-los a programar, quis também ajudar-los a ver que sem honestidade [mesmo que para com nós mesmos] não podemos chegar a lugar nenhum.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...