sábado, 10 de setembro de 2011

Liberdade x Libertinagem

É como eu disse, meus títulos estão ficando cada vez melhores [risos]

Como eu nunca canso de afirmar, muitas vezes as minhas ideias são mais antigas que eu mesmo, afinal, eu sou bastante contra 'o uso' da atual liberdade sexual/sentimental.
Não de uma maneira radical, acho interessante e bastante válido esse conceito de as pessoas serem livres para se relacionarem com quem quiserem, isso é fantástico, chega dos tempos em que as crianças eram obrigadas por seus pais a se casarem, isso é completamente inadimissível.
Entretanto, discordo do modo de vida que se leva hoje em dia, já que vivemos na lei do 'ninguém é de ninguém' (lógico que existem suas excessões e não são poucas por sinal) só acho um tanto degradante pessoas que vão pra festas para beijar 20, 30, 40 pessoas, não digo que não se possa sentir desejo por mais de uma pessoa ao mesmo tempo, afinal, os instintos humanos são bastante estranhos, mas 30, 40 num espaço de 5 ou 6 horas é um tanto exagerado, é como se diz: 'parece que acharam a boca no lixo'.

Beijar é bom, é ótimo, mas será que é necessário tudo isso?

Não vale mais a pena ir pra uma festa beber (sem tanto exagero), dançar, rever pessoas, conversar, passar um tempo fazer disso uma diversão 'saudável' se assim posso dizer.

Não sinto a mínima inveja dos rapazes que cometem esses exageros dizendo que é pra isso que as festas servem e acredito que muitas meninas não tenham muito orgulho quando também o fazem.

"É preciso entender do que mais do que apenas 'pedaços de carne', somos seres vivos providos de inteligência e consciência..."
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...