sábado, 23 de julho de 2011

Será que vale tudo mesmo?

Um dos assuntos do momento é o escândalo do milionário Rupert Murdoch que está sendo processado porque o seu jornal o "News of the World" foi acusado de 'grampear' vários telefones além de outras ações ilegais apenas para conseguir manchetes.
Entretanto, pergunto, será que devemos ir tão longe pra assistir cenas deploráveis para conseguir mais e mais manchetes 'bombásticas'?
Tenho quase certeza que redes de televisão ficaram exultantes com a morte do garoto Juan Moraes no RJ, por quê? Porque assim (me desculpem o termo) eles ganham 'carniça' nova pra ficar revirando, afinal, é disso que eles gostam.
Não basta mais vender um jornal por trazer notícias apenas, é preciso trazer desgraças, chacinas, banhos de sangue, ou seja, os veículos de comunicação acabam se tornando verdadeiros 'açougueiros' escolhendo sempre a carne mais sangrenta para estampar e exibir em seus jornais.
Ou vai dizer que eles não exploram o quanto podem as Isabellas Nardonis, as Mércias Nakashimas e qualquer outra vítima que apareça? Por que ninguém vai atrás da Ana Carolina Oliveira para perguntar como está a vida dela atualmente? Por que o sangue da coitada da Isabella já não está mais fresco?
Acho que não sou o único que muitas vezes dá preferência até ao repetido desenho do Pica-Pau para não ter de ver o banho de sangue que as emissoras tanto adoram exibir, tal qual um prazer sádico diário.
É sim preciso noticiar o que acontece, entretanto a importância que se dá as tragédias é quase revoltante, não digo que elas não sejam importantes porém também não devem ser exploradas da maneira que fazem os jornais e telejornais hoje em dia.
É preciso ter mais humanidade ao invés de apenas visar o lucro.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...