sábado, 18 de junho de 2011

Todo morto é bom...

As pessoas atualmente gostam muito de tragédias, tem programas que você chega a notar um brilho nos olhos do apresentador no momento em que ele anuncia uma desgraça, mas mais tocante que isso é o quanto as pessoas mudam no momento da morte.
Quer dizer, tem pessoas das quais você sempre ouve inúmeras coisas, seja por desvio de conduta ou até mesmo de caráter, mas sempre quando as pessoas morrem passam a ser cidadãos honrados, pessoas de bem, pais devotados, afinal, será que a morte muda tanto as pessoas ou todos nós somos hipócritas demais para falar o que pensamos por medo das represálias?

3 comentários:

  1. kkk Tava falando do PG. Emgana-tes dizendo que o povo o odiava, a população capivariense o tinha como alguém muito bom antes ou depois de morto.

    Não sei porque não citar estas duas letras no post:

    PG

    ResponderExcluir
  2. Medo de falar o que eu acho eu nunca tive cara... uma pessoa morta é uma a menos no mundo, o que eu tiver que falar eu sempre falarei, os pontos fracos e fortes, tudo o que for preciso. Sou cruscificado por isso, digamos assim, mas não me importo. Depois não sou eu que fico penando e "pagando uma" de amigo de quem morreu por pura cena. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Luiz, não vou te dizer que não pensei nele, mas não inclui essas duas letras simplesmente porque não escrevi "sobre ele", não nego que a inspiração do texto veio da morte dele, mas longe de ser por educação, não posso criticar ou elogiar o caráter de quem não conhecia.
    Além do que, vi isso acontecer em outros casos e se realmente fosse para falar dele, vejo que não seria nenhum exagero dizer que com certeza isso que eu descrevi aconteceu, pessoas que não tinham a menor estima por ele e que no dia da morte elogiaram como se fosse um amigo intimo.
    Acontece...

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...