quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

La favola di Gian

Não é a minha primeira incursão no Blogger, porém acho que essa seja um pouco mais duradoura e para primeira postagem desenterrei um texto do começo de 2009 que eu já nem lembrava mais:

"Era uma vez um garoto que tinha uma das maiores responsabilidades que poderia assumir: ser ele mesmo, embora achasse a tarefa difícil, ele tentou encarar, no caminho viu que isso era muito mais complicado do que imaginava, até que conheceu pessoas que fizeram com que isso parecesse muito fácil.
Porém ele caiu num jogo perigoso:apaixonou-se e teve medo desse novo sentimento, de fato, no fim ele saiu machucado, mas não desistiu de amar.
Novamente se apaixonou e de novo saiu ferido, prometendo para si mesmo nunca se deixar levar pela paixão, só que um dia o coração falou mais alto novamente e dessa vez ele acreditou, apostou todas as suas fichas porém, o destino lhe pregou uma peça e desde esse dia jurou para si mesmo que nunca mais se apaixonaria, pois viu o quão forte era a interferência dele na vida das outras pessoas.
Deste modo, passou muito tempo sem realmente se apaixonar, mas mesmo assim mudou seu juramento, jurou não mais interferir na vida dos outros e para fazer isso tentou se isolar.
Quem o conhecia percebeu sua mudança de comportamento, pois aquele garoto extrovertido havia se tornado um ser frio e recluso.
Até que um dia ele mesmo sentiu o efeito das suas mudanças pois conseguia passar dias sem falar com ninguém, sentiu um aperto no peito, teve vontade de voltar atrás, mas a vida não lhe deixou...
Então, tentou fazer-se de vítima em várias situações porém, utilizou mal a estratégia, pois realmente acreditou que era frágil, logo teve tempo de se ver; perceber todas as suas virtudes e seus defeitos.
Logo, viu-se fazendo um outro juramento, no qual prometia a si mesmo que iria recuperar tudo o que perdeu enquanto se excluia.
E no fim percebeu que estava cumprindo o primeiro dever que havia recebido, pois foi só através de um olhar para seus próprios erros e acertos que ele descobriu que estava sim sendo ele mesmo, pois só ele é que tinha o poder de mudar a própria vida...
"
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...